João Viegas

João Viegas (1994) frequentou o II nível do Ar.Co, onde encontrou no processo analógico um suporte para a sua linguagem fotográfica. Inspirado nos retratos de estúdio da década de 70 e 80, por retratos homoeróticos do final do século XIX e pela club culture, começou por convidar pessoas próximas para sessões de estúdio onde experimentou com a pose e observou as alterações da relação do sujeito com a câmara. Em 2016 junta-se ao colectivo Rabbit Hole, tendo feito parte do núcleo fundador da mina, saindo do estúdio para começar a registar a sua relação com as pessoas e espaços que frequenta, de ambientes noturnos e públicos a espaços privados e íntimos. Em 2017 ingressou nas Belas artes onde se encontra a concluir a Pós-graduação de fotografia.

__________________________________________________________________________________________________________________________________

João Viegas (1994) studied at the Level II in Ar.Co, where his photographic language found a basis in the analogic process. Inspired by studio portraits of the 1970’s and 1980’s, by late 19th century homoerotic portraiture, and by club culture, he started inviting close friends for studio sessions where he experimented with pose and observed the shifts in the relation of the subject with the camera. In 2016 he joined the Rabbit Hole collective, having been a founding member of mina, leaving the studio to register his relationship with the people and venues he goes to, from public nocturnal environments to private intimate spaces. In 2017 he started his Post-Grad in photography at the Lisbon Fine Arts Faculty.