Thomas Mendonça

[PT]
Thomas Mendonça (1991), artista plástico licenciado pela ESAD de Caldas da Rainha, trabalha e reside em Lisboa onde tem vindo a desenvolver alguns projectos curatoriais, mas principalmente onde expõe regularmente. Salientam-se as exposições no Teatro Taborda, Museu Geológico, Museu Nacional de História Natural e da Ciência e em breve no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado. Os seus focos de interesse distribuem-se entre melodramas sentimentais, a cultura pós-pop e a beleza da singularidade icónica no geral. Trabalha com várias tecnologias, embora com maior ênfase no desenho e na cerâmica.

«SRY NOT SORRY» baseado no gene SRY (do inglês Sex-determining Region Y) que é a região do cromossoma Y que determina o desenvolvimento dos genitais masculinos nos mamíferos terrestres (marsupiais e placentários), e da expressão «Sorry, but not sorry» (outra vez do inglês: «Lamento, mas não lamento») provida de sarcasmo num pedido de desculpas pouco sincero ou numa situação na qual não podemos assumir qualquer culpa pois não existe maldade ou sequer poder de decisão na acção pela qual pedimos perdão. Trata-se de uma série de esculturas inspiradas nos órgãos sexuais masculinos, representando uma panóplia de possíveis falos estilizados a meio caminho entre um pénis futurista e um dildo disfuncional. São seres autónomos do resto da anatomia humana. Têm mamilos, caras e orifícios, têm alma, ideias e sistema respiratório. Parecem bonecos, coelhos e cactos, parecem sex toys. São bege, salmão e cor-de-rosa, uns mais claros que outros, alguns são dourados.

[EN]
Thomas Mendonça (b. 1991, France), concluded the fine arts degree at ESAD in Caldas da Rainha (Portugal), works and lives in Lisbon where he has been developing some curatorial projects, but mainly where he regularly exhibits his work. His interests are divided between sentimental melodramas, post-pop culture and the beauty of iconic singularity in general. His production manifests itself through out different technologies but with bigger emphasis on drawing and ceramic.

«SRY NOT SORRY» from SRY (Sex-determining Region Y) gene, which is the region of the Y chromosome that determines the development of male genitalia in terrestrial mammals (marsupials and placental), and the expression – «Sorry, but not sorry « – full of sarcasm in an unreasonable apology or in a situation that we can not assume any guilt because there is no wickedness or even self-decision in the action for which we ask for forgiveness. It is a panoply of sculptures inspired by the male sexual organs, representing a series of possible stylized phalluses halfway between a futuristic penis and a dysfunctional dildo. They are autonomous beings from the rest of the human anatomy. They have nipples, faces and holes, they have soul, ideas and respiratory system. They look like dolls, rabbits and cactus, they look like sex toys. They are beige, salmon and pink, some are lighter than others, some are golden.

https://thomasmendonca.weebly.com